Governador dá início a mudanças no secretariado em virtude das eleições 2018

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O governador Pedro Taques (PSDB) deu início às mudanças no secretariado em virtude das eleições deste ano. Foram publicadas no Diário Oficial que circula nesta terça-feira (03) as nomeações do novo comanda da Casa Civil e das Secretarias de Cidades e Gestão, bem como dos Institutos de Defesa Agropecuária e da Carne de Mato Grosso.

Na Casa Civil, com a saída de Max Russi (PSB), o governador nomeou o até então secretário de Gestão, Júlio Cezar Modesto, e em seu lugar designou para atuar, interinamente, o secretário-adjunto de Administração, Ruy Carlos Castrillon da Fonseca.

Já para a Secretaria de Cidades, no lugar de Wilson Santos (PSDB), Taques designou, também interinamente, a secretária-adjunta de administração sistêmica, Juliana Fiusa Ferrari. Russi e Santos deixaram o Executivo estadual para retornar à Assembleia Legislativa e disputar o pleito.

Como presidente do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso, Taques designou interinamente a diretora técnica, Daniella Soares de Almeida Bueno e para Instituto Mato-grossense da Carne, aprovou o nome de Guilherme Linares Nolasco.

Mais mudanças

O governador ainda oficializará, até o próximo dia seis, data limite para desincompatibilização daqueles que pretendem disputar cargos eletivos nas eleições 2018, a saída de outros membros do primeiro escalão, sendo eles Marco Marrafon (PPS), da Secretaria de Educação, de Suelme Fernandes (PSB), da Agricultura Familiar, de Carlos Avalone (PSDB), da pasta de Desenvolvimento Econômico, Antonio da Paz (Patriota), do Gabinete de Desenvolvimento Regional e de Kleber Lima (SD), da Cultura, este, por sua vez,  afirma que não pretende disputar cargo eletivo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.