Golpe ou campanha suja?

Nome de candidata é usado para pedir doações via WhatsApp

(Foto: Divulgação/Pixabay)

A candidata à Prefeitura de Chapada dos Guimarães, Michele do Banco (PP), alertou em suas redes sociais neste sábado (3), que não está fazendo nenhum pedido de doação pelo WhatsApp, para sua campanha.

No início da tarde, o WhatsApp registado com o número (65) 9917 5883 enviou uma mensagem para um parente da candidata, pedindo doação para uma suposta conta do Bradesco em nome de Dayane Cristina.

“Se estão ligando até para familiares é porque têm meus contatos”, observou Michele, que não descarta também a possibilidade de seu aparelho celular ter sido clonado.

A candidata está neste momento na delegacia da cidade, registrando boletim de ocorrência.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP vê fraude em patrimônio e pede impugnação de Zé do Pátio
Próximo artigoGoverno proíbe até novembro uso de fogo para limpeza de áreas rurais