Giraldelli encerra mandato no TRE-MT e fala em “superação de flagelo”

Presidente do TRE-MT afirmou que a adaptação dos serviços ao trabalho remoto e a realização de três eleições foram os maiores desafios

(Foto: Assessoria do TRE)

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), desembargador Gilberto Giraldelli, encerrou nesta segunda-feira (26) seu mandato com discurso de “superação de flagelo” em dois anos no cargo. 

A adaptação dos serviços no ano da pandemia e a realização de três eleições foi destacado por ele como os principais desafios da gestão. 

“Todos sabemos que tivemos flagelo social, pessoal e perdemos muito com a falta do contato face a face. Conseguimos superar parte da situação por meio da tecnologia, mas não dá para negar que houve dificuldade. Mas, prefiro encerrar com a mensagem positiva”, disse. 

O desembargador assumiu o cargo em março de 2019.  No fim de março de 2020, houve suspensão dos serviços presenciais como medidas de proteção contra o contágio do novo coronavírus. 

Em novembro, ocorreram as eleições municipais, com dois turnos em Cuiabá, e a eleição suplementar ao Senado, para substituição da senadora cassada Selma Arruda. 

“Eu quero agradecer a população de Mato Grosso que, mesmo na situação de pandemia, compareceu em massa votar confiando nos trabalhos do tribunal. Mesmo com as restrições necessárias, as eleições ocorreram com sucesso”, pontuou. 

O biênio de comando no TRE-MT foi realizado em conjunto com o desembargador Sebastião Barbosa Farias como vice-presidente. A nova composição da presidência deve ser escolhida amanhã (27).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmanuel vê capacidade de investimentos reduzida e pede apoio da AL
Próximo artigoDeputado quer zerar impostos sobre combustíveis e gás de cozinha em MT