Gestão esticada

Secretário Gilberto Figueiredo suspendeu a saída do cargo no fim do mês por mais algumas semanas

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O governador Mauro Mendes pediu que o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, permaneça no cargo por mais algumas semanas, por causa do aumento de contágio diário na pandemia. 

Gilberto, pré-candidato a deputado estadual, encerraria sua gestão no fim deste mês, mas agora deverá esticar o prazo. O tempo a mais não foi divulgado pelo governador. 

“Ele iria sair agora no final do mês. Contudo, em função dessa pandemia eu falei ‘negativo, você não vai sair’ e ele mesmo concordou. Ele falou que vai ficar mais algum período necessário para ajudar”, afirmou. 

Gilberto Figueiredo foi o primeiro secretário de Mauro Mendes anunciar que iria sair do cargo, ainda no ano passado. Também devem deixar a gestão para disputar as eleições, Alberto Machado (Cultura e Esporte) e Silvano Amaral (Agricultura Familiar). 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia Civil cumpre mandados em cidades de MT contra investigados por homicídios
Próximo artigoHomem é agredido por moradores após ser flagrado estuprando menina de oito anos