Geller nega interesse em vice

Apesar da aproximação com Taques, ex-ministro diz que seu projeto é disputar uma cadeira de deputado federal

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O ex-secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura Neri Geller (PP) negou ter intenção de ser candidato a vice ao lado do governador de Pedro Taques (PSDB). “Eu fico muito feliz por ser lembrado pelo governador. Temos um ótimo relacionamento, mas quem me conhece sabe que eu sou partidário. Meu compromisso é seguir a orientação do meu partido, e meu nome está colocado para concorrer a uma vaga na Câmara Federal”, disse.

Nos bastidores, porém, o trabalho para viabilizar essa chapa é intenso. Representante do interior e do agronegócio, Geller tem um perfil complementar ao de Taques, assim como o do ex-vice Carlos Fávaro (PSD), que renunciou ao cargo no mês passado. Dessa forma, o ex-ministro é visto entre os aliados de Taques como um nome que pode amarrar tanto o apoio do setor produtivo como do ministro Blairo Maggi (PP), além de impedir que o PP reforce a aliança de oposição.

Na terça-feira (15), ao ser questionado sobre a possibilidade de ter Geller como vice em sua possível candidatura à reeleição, Taques desconversou. “Eu não decidi se vou ser candidato. Não posso trabalhar com hipótese”, respondeu. No entanto, ele elogiou o ex-ministro. “Neri é um grande representante de Mato Grosso em Brasília, foi ministro, secretário executivo, é um nome muito importante que tem ajudado”, disse.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS