GCom aguarda o desbloqueio de contas

Governo de Mato Grosso recorreu da decisão da juíza Célia Regina Vidotti

Secretário Marcy Monteiro e governador Pedro Taques: tentativa de desbloquear a conta do GCom (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Gabinete de Comunicação do Governo de Mato Grosso recorreu da decisão da juíza Célia Regina Vidotti, da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, que no último dia 06 determinou o bloqueio de R$ 70 milhões do orçamento do GCom, em razão da suspeita de irregularidades e fraudes durante a gestão do ex-secretário Kleber Lima.

Com a decisão, todos os pagamentos da Pasta foram suspensos – e o Governo do Estado está proibido de divulgar qualquer material publicitário até que uma auditoria da Controladoria Geral do Estado seja realizada nas contas do GCom.

A decisão foi liminar e atendeu a pedido do Ministério Público Estadual.

Também são arroladas na ação as empresas de publicidade que prestam serviço ao Governo do Estado: Casa D’Ideias, FCS Comunicação, Nova SB Comunicação, Soul Propaganda e Ziad A. Fares Publicidade.

Os crimes apurados são improbidade administrativa, por parte do ex-secretário do GCom, e ato de corrupção empresarial, por parte das empresas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCGJ faz mutirão na comarca de Rio Branco
Próximo artigoFilmes da cineasta Glória Albuês são exibidos hoje no Cine Teatro

O LIVRE ADS