Gatos podem ser mais suscetíveis ao novo coronavírus, indica pesquisa

Primeiro caso confirmado do contágio em Cuiabá acendeu alerta sobre a possibilidade de transmissão da doença entre pets

(Foto: Reprodução/Internet)

Uma pesquisa conduzida pelas universidades federais de Mato Grosso e do Paraná estuda a suscetibilidade de animais domésticos ao contágio pelo novo coronavírus. O grupo diagnosticou o primeiro caso de infecção de pet no Brasil. 

A gata com alguns meses vida mora com os donos em Cuiabá e pode ter sido infectada por eles. Essa hipótese ainda está em estudo, mas é considerada com maior probabilidade pelos pesquisadores por causa do resultado positivo para a covid-19 dos donos do animal em semanas anteriores. 

A médica veterinária, Valéria Dutra, membro do grupo de estudo na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) diz que levantamentos feitos em outros países indicam que, dentre os animais domésticos mais comuns, os gatos estão mais expostos do que os cães ao contágio. 

Os motivos da maior suscetibilidade ainda não têm resultado conclusivo. 

“Os estudos indicam que isso, talvez, seja por uma característica própria do organismo do gato e, geralmente, os gastos são assintomáticos. A minha maior preocupação neste momento é ocorra uma onda de matança de gatos, assim como aconteceu com os macacos na época da febre amarela”, afirma a professora. 

Segundo ela, 14 gatos passaram por avaliação de veterinários nos últimos dois meses. A gata com resultado positivo, via o exame em PCR, estava no grupo de estudos. 

O resultado está sendo confrontado com outros tipos de exames. Caso confirmado, explica a veterinária, um novo campo de atuação do Sars-Cov 2 deverá ser estudado, passando pelos efeitos da doença nos pets e pela probabilidade de transmissão para humanos. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRisco de tempestade: Cuiabá e mais de 100 cidades de MT entram em alerta
Próximo artigoOlhe para o céu: madrugada promete ter a melhor chuva de meteoros de 2020