Garoto enfrenta caminhada no frio de intenso para a prova e salva sua escola

A internet arrecadou U$S 450 mil para o "garoto congelado" e nenhum de seus colegas precisa mais passar frio

A determinação de um garotinho chinês de 9 anos mudou a história da escola em que ele estuda.

No início de janeiro de 2018, Wang Fuman ficou conhecido na internet por ter caminhado mas de cinco quilômetros – com uma jaqueta fina, sem luvas e gorro – em uma temperatura de aproximadamente -10°C, só para fazer uma prova.

Quando ele entrou na sala de aula, seus colegas riram e o professor tirou uma foto de Wang. A imagem foi parar na internet e tudo começou a mudar.

Internautas do mundo todo ficaram comovidos e começaram uma “vaquinha” on-line para ajudar Wang. O total arrecado foi de US$ 450 mil dólares, o equivalente a  R$ 1,8 milhão.

Agora a história voltou a ganhar fama porque o destino do dinheiro foi decidido: será investido na educação Wang, mas não só a dele.

Parte do valor foi usada para reparar o aquecimento central da escola e comprar aquecedores e roupas quentes para as crianças das famílias pobres da província de Yunnan.

A escola não tinha aquecimento e todos os alunos precisavam usar roupas quentes durante as aulas.

E como Wang foi o herói, a outra parte do dinheiro foi depositada para custear a educação acadêmica dele.

A propósito, no dia da foto, ele fez 99 pontos na prova. O total possível eram 100.

No final de fevereiro daquele ano, Wang, sua irmã e seu pai foram convidados pelo governo chinês para ir até Pequim. Ele visitou uma universidade e revelou seu desejo de ser médico ou policial.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Isso é Churrasco”: evento terá três horas de show com Fernando & Sorocaba e lucros para o HcanMT
Próximo artigoMPF denuncia Glenn Greenwald e mais 6 por invadir celulares de autoridades

O LIVRE ADS