Garota de programa é sequestrada, estuprada e agredida por dois homens

Eles a amordaçaram para que ela não gritasse e a encapuzaram para que não os visse

Imagem ilustrativa (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma jovem de 26 anos foi sequestrada e estuprada na noite dessa quarta-feira (20), no Bairro São Mateus, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Ela estava em um posto de combustíveis na Rodovia dos Imigrantes fazendo programas, quando foi chamada por dois homens em um VW Gol vermelho velho.

Eles a colocaram dentro do carro, a levaram para uma região de mata, taparam a boca dela com um pano para que ela não gritasse e a cabeça também, para que ela não os visse.

Em seguida, eles a estupraram e a agrediram com socos e pontapés. Antes de fugir, eles ainda roubaram a bolsa da jovem, com todos seus pertences.

Ela conseguiu acionar a Polícia Militar e contou como tudo havia acontecido. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, prestou os primeiros-socorros à vítima e a encaminhou para o Pronto-Socorro de Várzea Grande.

O caso foi registrado como estupro e, a princípio, ninguém foi preso.

O LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior60 novos leitos de UTI
Próximo artigoMP notifica prefeitura e Estado para manter ativo os contratos temporários de professores

O LIVRE ADS