Garota de programa é amarrada, estuprada e roubada em MT

Ela havia sido contratada por telefone, foi ao encontro do cliente e acabou violentada

Foto: Reprodução

Uma jovem de 28 anos foi amarrada, estuprada e roubada no fim da noite dessa segunda-feira (23) depois de ir a encontro de um cliente que a havia contratado para um programa sexual.

O caso aconteceu dentro de um estabelecimento comercial no Bairro Vila Aurora II, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), por volta das 23 horas.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima trabalha em uma casa de shows de Rondonópolis e foi contratada por telefone para um programa.

Ela saiu do local de trabalho, chamou um motorista de aplicativo e foi ao encontro do contratante no endereço indicado por ele.

Chegando no local, porém, ela foi rendida pelo homem, descrito pela vítima como moreno, alto, magro, com bigode e vestido de camisa branca e bermuda de tactel.

Com uma faca, ele passou a ameaçá-la, a amarrou com duas braçadeiras de nylon preta e usou uma fita isolante para amordaçar-lhe a boca. Depois disso, ele a estuprou.

Após a violência sexual, ele roubou a carteira e o celular da jovem, tirando apenas o chip do aparelho, e fugiu.

Assim que conseguiu se desamarrar, a jovem acionou a polícia e levou os agentes até o local onde o crime aconteceu. Os policiais viram que se tratava de um estabelecimento comercial e que tinha um número de telefone na parede, então ligaram para esse número.

O dono do local atendeu e disse que a chave do estabelecimento estava com um cliente. Ele foi questionado sobre as características do cliente, o descreveu e a vítima confirmou que se tratava da pessoa que a estuprou.

A Polícia Militar fez rondas pela região em busca do suspeito, mas até o registro da ocorrência – por roubo e estupro – ele não havia sido encontrado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS