Garota de programa acusada de incentivar o tio a matar sobrinho é presa

A jovem estava foragida da polícia há dois anos e foi encontrada em uma casa noturna

Meramente ilustrativa/Reprodução Internet

Uma mulher que trabalha como garota de programa em Nova Monte Verde (944 km de Cuiabá) foi presa nessa terça-feira (23) por suspeita de participação no assassinato de Juliano Aparecido Martins dos Santos, 19 anos. O crime aconteceu no dia 30 de julho de 2017.

Juliano estava bebendo em um bar com o tio, de 34 anos, quando os dois iniciaram uma discussão. Algumas horas depois, o tio atirou contra o sobrinho.

O rapaz foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O tio tentou fugir, mas foi preso pela polícia.

Após a prisão, as investigações apontaram para a participação de uma mulher, garota de programa, que até então estava foragida. Ela teria incentivado o suspeito a atirar no sobrinho.

Nessa terça-feira, a polícia fazia uma inspeção em uma casa noturna quando encontrou a suspeita, foragida há dois anos. Ela foi presa e encaminhada para a delegacia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUm sonho de motorista: conheça Josimar, um profissional nota 10
Próximo artigoParede de igreja desmorona e pedreiro atingido por escombros morre

O LIVRE ADS