Galvan vai disputar Senado

Lançamento da pré-candidatura ocorrerá em ato de filiação ao PTB, no próximo domingo em Sinop

Presidente da Aprosoja, Antonio Galvan, defende importância da pesquisa. (Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O empresário Antônio Galvan, presidente da Aprosoja Brasil, confirmou ao Livre a sua pré-candidatura ao Senado. O lançamento será feito em evento no domingo (20) em Sinop (505 km de Cuiabá). 

No mesmo dia, ele filia-se ao PTB. A entrada no partido foi anunciada em associação com o movimento Brasil Verde Amarelo, fortemente vinculado ao agronegócio e a apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

O Brasil Verde Amarelo foi dos organizadores, por exemplo, das manifestações no dia 7 de setembro do ano passado.  

Galvan disse que sua pré-candidatura ainda não foi conversada com Bolsonaro. Caso se confirme, poderá causar nova fissura entre os simpatizantes do presidente em Mato Grosso. Wellington Fagundes (PL) e Neri Geller (PP) estão em conversas para fechar acordo. 

A decisão de Galvan também deve dividir, especificamente, o apoio do agronegócio. Assim como ele, Neri Geller é associado aos produtores. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTurismo vive “apagão de mão de obra” e sente dificuldades de retomada
Próximo artigoBrasil já recebeu 894 ucranianos desde a invasão russa ao país