Gaeco e Naco deflagram operação em Cuiabá e Sinop; deputado e ex-deputado são alvos

Casa do ex-deputado Pedro Satélite e empresa do deputado Dilmar Dal Bosco estão na lista de locais em averiguação de investigadores

O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) e o Núcleo de Ações de Competências Originárias (Naco), vinculado ao Tribunal de Justiça, deflagraram uma operação nesta sexta-feira (14) em ao menos duas cidades de Mato Grosso. 

A ação foi confirmada ao LIVRE pela assessoria de imprensa do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE). 

Empresas e casas em residencial de luxo são alvos da operação. Informações preliminares apontam que o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) e ex-deputado estadual Pedro Satélite estão na lista dos investigados. 

Em Cuiabá, os investigadores cumprem mandados em casas no residencial Belvedere, onde mora Satélite. Já em Sinop (505 km de Cuiabá), a empresa da família de Dilmar Dal Bosco faz parte dos locais em averiguação. 

Ainda não há informações de quantos mandados o Gaeco e o Naco receberam autorização para cumprir e nem se há alguma ordem de prisão.

Mais informações em instantes.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTeto de R$ 35 mil
Próximo artigoVídeo | Pai pede socorro e policiais salvam bebê que não estava respirando