Fundo destinará auxílio a famílias de Amazonas, Mato Grosso e Rondônia

Doações serão geridos pela Fundação André e Lucia Maggi (FALM) e podem ser feitas online

Foto: Agência Brasil

Recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as atuais medidas de distanciamento social em prevenção à Covid-19 têm impactado o acesso a alimentos e a outros recursos básicos para milhares de brasileiros.

Fruto da preocupação com o agravamento da vulnerabilidade social, com especial atenção para famílias em Amazonas, Mato Grosso e Rondônia, foi lançado nesta quinta-feira (16) o Fundo Um Por Todos e Todos Contra a COVID-19, com campanha inteiramente online.

Fundo é formado por uma rede conectando doadores (pessoas físicas e jurídicas) a Organizações Sociais na linha de frente de apoio às famílias que mais necessitam receber alimentos e outros tipos de auxílio em função dos impactos socioeconômicos da atual pandemia. Todos os interessados em se juntar à iniciativa poderão realizar doações online, por meio do site www.umportodos.org.br.

Os recursos doados ao Fundo Um Por Todos e Todos Contra a COVID-19 serão geridos pela Fundação André e Lucia Maggi (FALM), organização social que vem atuando junto à comunidade dessas regiões desde 1997.

Pessoas, empresas, organizações e entidades de classe podem contribuir com o Fundo Um Por Todos e Todos Contra a COVID-19 por meio de aporte financeiro direto ao Fundo. O Fundo também está recebendo o apoio institucional de diversas instituições, por meio da divulgação da iniciativa.

A FALM também fará a análise dos pedidos de apoio por parte das Organizações Sociais e a prestação de contas à sociedade e aos parceiros mantenedores do fundo.

Presidente da Fundação André e Lucia Maggi, Belisa Maggi explica que este fundo tem inicialmente o objetivo de realizar ações emergenciais, como doações de cestas básicas, mas sua atuação pode se estender com outras doações caso sejam identificadas outras questões emergenciais nos locais onde a instituição atua.

“Além disso, prevemos uma atuação posterior a essas ações emergenciais de forma a apoiar o retorno gradativo das atividades de instituições sociais e das comunidades mais afetadas nas regiões de atuação”, anuncia Belisa.

Como funciona

Por meio do site www.umportodos.org.br, uma plataforma de crowdfunding, será possível fazer as doações de maneira rápida e totalmente segura. As Organizações Sociais que desejem se cadastrar para receber as doações de cestas básicas de alimentos também podem se cadastrar diretamente na plataforma. O cadastro passará por análise da equipe da FALM, que verificará critérios tais como a atuação da instituição frente à atual crise da COVID-19, condições mínimas de atendimento a protocolos de saúde com seus colaboradores/voluntários e com as famílias a serem atendidas.

Parcerias

A campanha é realizada pela Fundação André e Lucia Maggi (FALM) e tem a parceria institucional da Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (AMAD), Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL Cuiabá), Cooperativas da Central Sicredi Centro Norte (com atuação nos estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia e Acre), Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Federação do Comércio de Mato Grosso (Fecomércio), Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT) e TV Centro América (TVCA).

Doação de 50 mil cestas

Como parte desses esforços, a AMAGGI também já iniciou a destinação de 50 mil cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social por meio da atuação da FALM na mobilização de apoios para enfrentamento aos impactos socioeconômicos da pandemia.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApenas 46 municípios em Mato Grosso têm leitos de UTI, aponta estudo
Próximo artigoProfissionais da saúde com mais de 60 anos terão que ser afastados do Júlio Muller