Funcionário fantasma?

TCE manda Prefeitura de Cuiabá investigar fisioterapeuta com folha de ponto "britânica"

(Foto: Divulgação/TCE-MT)

Por determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a Prefeitura de Cuiabá deverá instaurar Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para investigar a suspeita de que um fisioterapeuta contratado para trabalhar no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá tenha fraudado folhas de registro de ponto.

A decisão foi dada pelo conselheiro Valter Albano e publicada na quinta-feira (27) no Diário Oficial de Contas (DOC).

Consta na decisão que o servidor foi contratado para cumprir 30 horas semanais e o controle de jornada de trabalho foi totalmente ineficiente.

Nos meses de fevereiro e março de 2018, o registro de ponto de trabalho não apresenta nenhuma variação de segundos e minutos, o que seria uma “pontualidade britânica”.

No período de janeiro a março, o registro de ponto apresenta assinaturas divergentes.

O conselheiro Valter Albano ressalta que, embora as falhas não comprometam a validade dos documentos, são consideradas irregularidades graves, que merecem a devida apuração da Secretaria Municipal de Saúde.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVaga para federal
Próximo artigoRondonópolis: Prefeito impõe toque de recolher e avalia lockdown