Funcionário aceita coentro de cliente humilde como pagamento de taxa em cartório: ‘Sensibilidade’

Idoso não tinha dinheiro para pagar o serviço do cartório então decidiu tentar pagar em coentro.

Às vezes, a simplicidade e o bom senso resolvem tudo. A história de um idoso que precisou retirar sua certidão de nascimento em um cartório rapidamente viralizou na internet por conta do método de pagamento que senhor decidiu utilizar para obter o documento: pagou em coentro.

Tudo aconteceu no cartório do município de Chalatenango, em El Salvador. Quando Don Amadeo Cabrera, de 80 anos, decidiu pagar pelo serviço, ele surpreendeu a todos entregando três maços de coentro aos funcionários que aceitaram a troca de muito bom grado.

Don Amadeo mora em El Salvador, pequena nação da América Central, um condado rural que produz alimentos o ano todo, mas também onde vivem centenas de famílias carentes. Ele ofereceu o coentro, pois não tinha dinheiro para pagar pelo serviço.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia Federal realiza operação contra tráfico internacional de drogas
Próximo artigoJohnny Depp pode retornar ao cinema em Sherlock Holmes 3 com Robert Downey Jr