Funcionária é acusada de assaltar a loja em que trabalha

Durante o assalto, o homem armado supostamente fingiu obrigar que a funcionária colocasse os objetos avaliados em R$ 200 mil numa mochila

Uma moça de 22 anos foi presa na tarde de ontem (10), juntamente com seu irmão e seu tio, sob a acusação de envolvimento em um assalto à mão armada nessa semana de uma loja revendedora de aparelhos Apple do centro de Sinop. Ela é a funcionária da loja que aparece nas imagens das câmeras de segurança colocando os aparelhos na mochila do criminoso.

Assaltante foi preso no dia 8 e entregou os comparsas à Polícia Civil

De acordo com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Sinop, o irmão dessa moça seria o mandante do crime. O homem que aparece nas imagens entrando no estabelecimento com a arma em punho foi preso na última terça-feira (8) e reconhecido pelo proprietário e por um funcionário da loja. Ao consultar a placa da moto utilizada na ação, a polícia conseguiu efetuar sua prisão do assaltante.

Segundo o delegado Ugo Ângelo Reck, o assaltante negou o crime formalmente, porém informalmente ele confessou. Foi através do depoimento dele que a polícia obteve êxito em chegar à funcionária e seus parentes.

A funcionária detida teria o acesso à senha para posteriormente desbloquear os aparelhos que ainda não foram recuperados. Durante o assalto, o criminoso supostamente teria simulado a exigência para que essa funcionária colocasse os aparelhos avaliados em R$ 200 mil em uma mochila.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresário pede afastamento de juíza responsável por processos de Zezo Malouf
Próximo artigoComédia musical e dança contemporânea dão tom ao fim de semana do Palco Giratório

O LIVRE ADS