Fumaça do Pantanal deve atingir Sul e Sudeste do Brasil

A previsão é que a fumaça chegue em São Paulo nesta sexta-feira, causando um efeito chamado de "chuva preta"

(Foto: Mayke Toscano/Secom-MT)

A fumaça das queimadas no Pantanal não oferece risco apenas aos moradores de Mato Grosso e dos Estados do Centro Oeste do Brasil. Uma frente fria nas regiões Sul e Sudeste está deslocando a poluição dos incêndios florestais para essas regiões.

Imagens de satélite identificaram a movimentação da fumaça, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A previsão é que a fumaça chegue em São Paulo na sexta-feira (18).

No Sudeste a previsão é de chuva, criando condição para que a água limpe a atmosfera e cause o evento chamado de “chuva preta”.

LEIA TAMBÉM

Em boa parte do país, entretanto, a situação é outra. Por causa da baixa umidade do ar, o alerta foi emitido para Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal e Tocantins, com bandeira laranja.

Também entram no alerta – de forma mais moderada – a região do semi-árido, agreste e sertão do Nordeste, além da parte norte de Mato Grosso do Sul e no Rio de Janeiro.

Queimadas

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil já registrou este ano 139.316 focos de queimadas, sendo 48.186 apenas em setembro e 5.342 nas últimas 48 horas.

Na divisão por Estado, o Inpe indica atividade fortíssima de queimadas em setembro em Mato Grosso e no Pará, com mais de 7 mil focos no período em cada Estado.

Amazonas, Tocantins e Maranhão registraram mais de 3 mil focos cada até o dia 16 de setembro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFenomenal
Próximo artigoTV Pantanal/Rede TV amplia programação regional e aposta em programa rural com jornalistas de peso do Grupo Gazeta de Comunicação