Fotos, áudios e vídeos

MP investiga gastos de R$ 1,2 milhão da Prefeitura de Acorizal com o serviço

(Foto: Md Iftekhar Uddin Emon / Pexels)

O Ministério Público de Mato Grosso instaurou inquérito civil para investigar a suspeita de má utilização do dinheiro público na Prefeitura de Acorizal (52 km de Cuiabá). A portaria foi divulgada no dia 16 deste mês.

Em julho de 2019, o município teria gasto R$ 1,277 milhão em serviços de áudio, vídeo e fotografias.

As despesas foram autorizadas pela Secretaria de Finanças e Administração.

A investigação foi aberta pelo promotor de Justiça Mauro Zaque, que compõe o Núcleo de Defesa do Patrimônio Público, a partir de uma denúncia protocolada pelos vereadores  Wellington Marques Gusmão, Ademir Roberto da Silva, Diego Ewerton Figueiredo Taques e Luiz Carlos da Silva.

Foi encaminhado ofício à Procuradoria Geral do Município para apresentar documentos referentes aos meses de fevereiro a dezembro de 2019, relativos a cópia dos contratos celebrados com as empresas que prestaram os serviços.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVou acatar a decisão que vier do Supremo, diz Botelho sobre 3º mandato de presidente
Próximo artigoLicença para falar