Fórum dos governadores vai debater aumento de crise entre Poderes

Decisão considerou os fatos que aumentaram a tensão entre governo Federal e Judiciária na última semana

(Foto: Reprodução/Secom MT)

O Fórum dos Governadores incluiu a situação política do Brasil na pauta da reunião desta segunda-feira (23). O encontro, originalmente marcado para debater assuntos econômicos, decidiu colocar a política em avaliação após o aumento da tensão entre governo Federal e Judiciário, na semana passada. 

Os acontecimentos que levaram à mudança foram o pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, e a operação Policia Federal com mandados de busca e apreensão nas casas de aliados de Bolsonaro. 

O governador Mauro Mendes (DEM) confirmou presença na reunião prevista para iniciar às 9h (MT). O coordenador do fórum, governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse em carta que a questão política ganhou proeminência para a discussão do grupo após os episódios da semana passada. 

“O fórum já conseguiu, por meio de líderes estaduais da Câmara e do Senado, fazer crescer uma compreensão mais racional da conjuntura, e isso ajuda a criar um ambiente onde a gente possa dialogar com o Judiciário. Não é razoável o rumo que o país está tomando”, afirmou. 

Segundo o governo de Mato Grosso, o conflito entre Executivo e Judiciário será uma das pautas que serão debatidas.  

Na semana passada, 13 governadores assinaram uma carta em apoio ao STF e aos ministros da Corte. A manifestação ocorreu após num contexto de crescimento da tensão entre os Poderes. Mauro Mendes não assinou o documento 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorColigações sob risco
Próximo artigoSefaz intensifica fiscalizações em rodovias e consegue reaver R$ 24 milhões em impostos sonegados