“Foi retirado um litro de líquido do estômago”, diz Eduardo Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro sofre as consequências da facada desferida pelo militante de esquerda Adélio Bispo

Na manhã desta quinta-feira (15), o deputado estadual Eduardo Bolsonaro falou sobre a situação clínica de seu pai. De acordo com Eduardo, o presidente precisou passar por um procedimento simples para tirar líquido do estômago.

O deputado afirmou para apoiadores que há uma dobra ou aderência no intestino de Bolsonaro que impede a passagem de alimentos e gerando o acúmulo de secreção.

Ainda de acordo com o deputado, foi o entupimento que gerou dores abdominais que causaram a internação do presidente.

“Foi retirado um litro de líquido do estômago do meu pai”, disse Eduardo.

Problemas causados pela facada

De acordo com equipe médica do presidente, existe um consenso de que o acúmulo de líquidos na região foi causada pela facada durante a campanha eleitoral.

Na ocasião, Bolsonaro estava em campanha quando foi esfaqueado pelo militante de esquerda Adélio Bispo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO italianíssimo restaurante Serafina faz 1º Festival de Rondelli regado à música e ação social
Próximo artigoSem shopping: governo de MT assina contrato de concessão da rodoviária de Cuiabá