Flanelinha mostra órgão genital a mulher que recusou lavagem de para-brisas

Caso aconteceu no centro de Cuiabá

Imagem ilustrativa (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 27 anos procurou a polícia nessa quarta-feira (10) para denunciar um flanelinha que trabalha no semáforo da Avenida Tenente Coronel Duarte, no Centro Sul de Cuiabá. A denúncia foi de importunação sexual.

Segundo relato da vítima, o rapaz tentou jogar água com sabão no para-brisas de seu carro, mas ela recusou o serviço.

Irritado, ele mostrou o dedo do meio para a mulher e, em seguida, abaixou o short e mostrou o órgão genital.

Incomodada com a ação, a mulher procurou uma delegacia e denunciou o flanelinha por importunação sexual – praticar contra alguém, e sem a sua anuência, ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMT aplica 68 mil doses de vacina em quase um mês de campanha
Próximo artigo“É uma figura que me causa pena”, diz Gilmar Mendes sobre Moro