Fiocruz quer antecipar vacinação contra a covid-19

No total, serão 200 milhões de doses, parte delas fabricadas no Brasil

(Foto: Reprodução/Internet)

Para garantir a importação emergencial de vacinas contra o novo coronavírus, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) encomendou 2 milhões de doses da vacina da Oxford/AstraZeneca, fabricada pelo Instituto Serum na Índia.

No total, serão 200 milhões de doses, parte delas fabricadas no Brasil. O primeiro lote com 1 milhão de doses tem previsão de entrega entre 8 e 12 de fevereiro.

O objetivo é que a imunização tenha início no dia 20 de janeiro, dia de São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro.

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro havia afirmado por suas redes sociais que a vacina estava chegando. De acordo com o presidente, a vacina chegaria chegará assim que for comprovada sua eficiência, mas o medicamento não será obrigatório.

“A vacina emergencial (depois de certificada pela ANVISA), e não obrigatória, está a caminho”, escreveu o presidente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça Federal dá 72 horas para Cuiabá quitar dívida de R$ 2,6 milhões com hospitais
Próximo artigoVídeo editado