Filhos pedem interdição de Cid Moreira e prisão da madrasta em processo

Processo foi aberto recentemente

Recentemente, uma polêmica atingiu em cheio a vida privada do jornalista e ex-apresentador Cid Moreira. Um de seus filhos revelou que foi deserdado e que tinha cortado relações com o famoso. 

Agora, tanto o filho adotivo, Roger, quanto o biológico, Rodrigo, entraram com um processo na vara de família de Petrópolis, Rio de Janeiro, pedindo a interdição do pai e a prisão da madrasta, Fátima Sampaio Moreira.

Os filhos do famoso de 93 anos alegam que o pai enfrenta sintomas de demência e que tem a liberdade limitada por atitudes de Fátima.

“A única coisa que posso falar agora é que a verdade vai aparecer em breve. Ele é uma vítima. Se não fossemos impedidos, nós filhos estaríamos convivendo com ele. Amamos ele e não podemos nos aproximar porque ela não deixa” – diz Roger Moreira.

Além do pedido de interdição, o processo também aponta a necessidade de uma tutela de urgência. Afirmam que a esposa atual do jornalista, Fátima Moreira, mantém o marido isolado propositalmente. O processo também acusa que ela, 40 anos mais jovem que Cid Moreira, teria se casado com o apresentador motivada por “interesses econômicos”.

O documento também afirma que a mesma agride o idoso, deixa sem medicação, comida vencida ou estragada por 15 dias. A ação com assinatura do advogado Ângelo Carbone também pede bloqueio imediato dos bens de Cid durante a investigação.

“Ele tem 93 anos e a impressão que dá é que ele está sendo usado. Estão tirando todo o patrimônio e eu vou buscar o Ministério Público, a justiça, a polícia, o Juizado da Família e principalmente a Delegacia do Idoso para que supram essa situação difícil” diz Ângelo Carbone, advogado dos filhos de Cid Moreira.

A assessoria de Cid Moreira não quis comentar sobre o caso. “Neste momento não temos o que dizer sobre o assunto, não recebemos nenhum comunicado da justiça.”

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUnemat abre edital com 2.570 vagas para 62 cursos em 12 cidades
Próximo artigoEx-patrão joga ácido em mulher após discussão em Catanduva