Fiemt fecha três unidades do Sesi e duas do Senai em Mato Grosso

Ao todo foram demitidos 190 funcionários. As atividades nas unidades do Sesi e Senai de Cáceres e Juína, e o Sesi de Barra do Garças, encerraram ao meio-dia de hoje

Foto:(Ednilson Aguiar/ O Livre)

Em razão da crise econômica e do corte de 50% sobre a contribuição compulsória das indústrias, determinado pelo Governo Federal, três unidades do Sesi e duas do Senai em Mato Grosso foram fechadas definitivamente neste ano.

A decisão foi anunciada na tarde de hoje (7) pelo presidente da Federação da Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo de Oliveira.

Ao todo foram demitidos 190 funcionários. As atividades nas unidades do Sesi e Senai de Cáceres e Juína, e o Sesi de Barra do Garças, encerraram ao meio-dia de hoje.

A medida também atingiu a unidade do Senai em Alta Floresta – que ainda está em construção – e que não deverá ser inaugurada este ano, enquanto que em Rondonópolis o Sesi funcionará no mesmo prédio do Senai.

R$ 30 milhões de perdas

De acordo com Gustavo, o corte na receita do Sistema S representa uma perda de R$ 30 milhões para Mato Grosso em 2020. O valor corresponde a 20% da receita prevista para este ano.

Já o fechamento das unidades representa uma economia de R$ 18 milhões. Contudo, pelo menos R$ 12 milhões do caixa da Fiemt deverão ser utilizados para garantir o funcionamento das unidades que continuarão abertas.

“Usaremos essa poupança para sobreviver”, afirmou Gustavo de Oliveira.

O empresário explica que o recurso (R$ 12 milhões)  estava sendo poupado para ser aplicado em novos investimentos – mas em razão da crise provocada pela pandemia, agora vai custear as atividades do sistema.

O valor que financia as atividades do Sistema S é recolhido compulsoriamente na folha de pagamento das indústrias, sendo que 1% de cada salário pago pela indústria é destinado para o Senai e 1,5% para o Sesi.

Tanto o Sesi quanto o Senai foram criados na década de 1940. O Sesi é especializado em serviços direcionados para a saúde e segurança nas indústrias, enquanto que o Senai atua na formação e capacitação de profissionais para que atuem no setor industrial.

Os serviços prestados pelas unidades fechadas serão remanejadas para o Sesi e Senai de outras cidades, como Sinop e Rondonópolis.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Melhor fechar uma parte e salvar o resto do que fechar tudo, né?! E a população nem tem frequentado tanto com essa frescuragem toda que tem agora…

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSuspeita de covid-19: caminhoneiro se recusa a procurar atendimento e acaba denunciado
Próximo artigoEnergisa: serviços de atendimento ao cliente são retomados em canal online