Fiemt critica radicalização de discursos para as manifestações do dia 7

Presidente da federação, Gustavo Oliveira, diz que o atual momento de mau humor no país terá reflexo em 2022

Foto:(Ednilson Aguiar/ O Livre)

O presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo Oliveira, criticou os discursos de radicalização paras as manifestações programadas para o dia 7 de setembro pelo país. O empresário disse que deve haver harmonia entre os Poderes e os lados mais radicais prejudicam a formalização de consenso. 

“Ao nosso ver, medidas que radicalizam posições e afastem mais os Poderes do diálogo, eles contribuem para o agravamento quadro. A manifestação do dia 7 de setembro deve ser legítima, patriota e respeitosa, sem agredir instituições. A própria Federação das Indústrias, ela é uma instituição e não faria sentido agredir outras instituições”, disse em entrevista à TV Vila Real. 

Conforme Gustavo Oliveira, a radicalização de lados ocorre em detrimento de outras situações que precisam ser resolvidas no Brasil, como o custo alto da energia elétrica, o preço dos combustíveis e dos alimentos. 

“Quem está abastecendo o carro com preço disparado do petróleo não está rindo, quem precisa produzir e trabalhar não está rindo. A gente precisa deixar claro que o país precisa de paz e construir agendas positivas. Me parece que os brasileiros não estão compreendendo a gravidade do problema que a população está enfrentando”, afirmou. 

No feriado da Independência deverão ocorrer várias manifestações pelo país, tanto de apoiadores quanto de opositores ao presidente Jair Bolsonaro. A participação da população tem sido convocada principalmente pelas pessoas que defendem as ideias do presidente, que tem sofrido no Congresso, como as tentativas de implantar o voto impresso e o impeachment de ministros do Poder Judiciário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Ele tem que defender o ganha pão das empresas associadas. Só isso. Tá preocupado com ações de covardia contra opiniões ou contra sites que mostram o que realmente está acontecendo no país nos bastidores do poder? Não. Está numa posição confortável de só assistir e dar opiniões em cima do muro. É hora de separar os Heróis dos covardes!!!!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDia da Amazônia: Sinop Energia alerta para a importância da preservação das margens do reservatório
Próximo artigoFora da lista de devedores