Festival de música autoral reúne mais de dez bandas no Bar do Bigode

As atrações se revezam nos palcos “Ventrecha” e “Mojica” neste sábado (09), a partir das 20h

Artistas e bandas de diversos estilos se preparam para uma noite especialmente dedicada à música autoral na primeira edição do Festival Pacu Elétrico. Mais de dez atrações sobem ao palco do Bar do Bigode no sábado (09), apresentando trabalhos com influências que passam pelo rock, pop, jazz, MPB, reggae, música regional e blues.

O evento, com entrada a R$ 20, começa às 19h e as bandas tocam a partir das 20h. Intervenções artísticas também integram a programação, que terá exposição de fotografias e pintura ao vivo com Lua Brandão e Amanda Alves.

O festival é fruto da crescente união de músicos sempre presentes na noite cuiabana, buscando a valorização dos mais variados gêneros da cena autoral e a difusão do som de artistas de toda a região. Segundo o baixista Wellington Berê, “um novo momento para a música regional em Mato Grosso”. Ele se apresenta com o virtuoso trio instrumental Tocandira, ao lado de Danilo Bareiro e Éder Uchôa.

Retro Ativo, banda formada em Porto Velho (RO), carrega influências de grupos como Arctic Monkeys, The Black Keys, Vivendo do Ócio, Selvagens a Procura da Lei

A banda Retrô Ativo, de Rondônia, é a atração forasteira da noite e será calorosamente recebida pelos anfitriões da Tocandira, Fidel Fiori, BongDan, Senhor Infame, Billy Espíndola, The Banana Chips, Zumbi Suicida, Tomarock, Arena Country e DJ Gilberto Farias. As bandas se revezam entre os dois palcos preparados para a “estreia” do Pacu Elétrico, intitulados Ventrecha e Mojica.

“A ideia de ter os dois palcos é para que todos possam tocar sem aquela correria da mudança de bandas e passagem de som. Assim o evento fica mais dinâmico e o público pode prestigiar mais artistas”, explica Billy Espíndola, um dos idealizadores do evento.

O Bar do Bigode fica na Praça da Mandioca, rua Engenheiro Ricardo Franco (Rua do Meio), 624, Centro Histórico de Cuiabá.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCâmara aprova proibição de casamento de menores de 16 anos
Próximo artigoLimpeza da BR-163 retira 556 toneladas de lixo por ano