Festas de fim de ano e férias podem agravar pandemia no país, alerta Fiocruz

Nota técnica da instituição afirma que um novo colapso no sistema de saúde "é real e poderá acontecer nas próximas semanas"

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um possível novo colapso no atendimento a pacientes com covid-19 não é descartado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A instituição emitiu um alerta em uma pesquisa sobre a situação da pandemia no Brasil, que pode se agravar com a chegada das festas de fim de ano e férias.

O colapso, segundo a Fiocruz, “é real e poderá acontecer nas próximas semanas”.

“Um novo aumento dos casos pressionará a capacidade do atendimento à saúde das regiões metropolitanas, reduzindo também seus recursos para atender a pacientes vindos do interior. Na maioria dos lugares, a assistência à saúde deverá ser incapaz de atender à demanda”.

Para além da movimentação, outro fator que deve piorar é a situação é a desmobilização de leitos extra dos hospitais de campanha. Também são levados em consideração fatores como:

  • a ocupação de leitos por outros problemas de saúde que ficaram represados durante o avanço da epidemia de covid-19;
  • a maior circulação de pessoas; as dificuldades de identificação de casos e seus contatos devido à baixa testagem;
  • o relaxamento dos cuidados de distanciamento social, uso de máscaras e higiene.

Em Mato Grosso, segundo boletim epidemiológico divulgado pelo governo do Estado, a taxa de ocupação está em 37,22% para UTIs adulto e em 18% para enfermarias adulto. São há 150 internações em UTIs públicas e 161 em enfermarias públicas.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRisco de desabamento dificulta trabalho da perícia em prédios incendiados
Próximo artigoHeróis de farda