Fávaro no tempo dos estaduais

TRE negou pedido da Procuradoria Regional Eleitoral de "punir" Fávaro

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O pedido da Procuradoria Regional Eleitoral para que fosse retirado o tempo de propaganda do ex-vice-governador e candidato ao Senado por Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), foi negado pela Justiça Eleitoral nesta quarta-feira (26).

A Procuradoria questionava uma suposta “invasão” do postulante em horário destinado aos deputados estaduais do PSD. O fato em si ocorreu no dia 3 deste mês, quando Fávaro disse: “Olá, eu sou o Fávaro, candidato a senador, quero pedir o seu voto para os candidatos a deputado estadual do PSD”.

A decisão de negar o pedido foi do juiz-auxiliar da Propaganda, Mário Kono. O magistrado entendeu que não houve má-fé do candidato. “Devendo a sentença, neste ponto, ser reformada, afastando a penalidade de multa”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÚltima semana para se inscrever para Programa de Trainee 2019 da Energisa
Próximo artigoEspaço Mosaico recebe dobradinha do coreógrafo Lucas Koester e o grupo de dança Diamond Crew

O LIVRE ADS