Após denúncia, Victório Galli exonera servidora “fantasma”

Após denúncia da TV Cidade Verde, o deputado federal Victorio Galli (PSL) exonerou servidora fantasma

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Após denúncia da TV Cidade Verde, o deputado federal Victorio Galli (PSL) exonerou a servidora Andreza Andrade Cabóra da Silva, nomeada secretária parlamentar, mas que desde 2017 prestava serviços em uma clínica particular de Cuiabá, conduta vedada pela Câmara Federal.

A existência de servidores supostamente “fantasmas” no gabinete do deputado foi denunciada em matéria que foi ao ar nesta segunda-feira (07), no Programa do Pop.

Além de Andreza, a reportagem abordou outras supostas irregularidades que estariam sendo cometidas por servidores do parlamentar, que informou que iria apurar as informações e, caso necessário, tomar as providências cabíveis.

Galli declarou ainda que, após a denúncia, decidiu implementar a prática da assinatura de livro-ponto em seus gabinetes.

O parlamentar possui 25 funcionários, máximo permitido pelo legislativo federal, distribuídos em Brasília, Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis e Tangará da Serra.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS