Família pede ajuda para realizar cirurgia de R$ 200 mil no coração de recém-nascido

Após alguns exames de sangue e tomografia, ele foi diagnosticado com cardiopatia e, desde então, está entubado em uma UTI

Foto: Arquivo pessoal

O pequeno Heitor Guilherme, com pouco mais de 40 dias de vida, já nasceu lutador. Após alguns exames de sangue e tomografia, ele foi diagnosticado com cardiopatia e, desde então, está entubado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

O recém-nascido precisa passar por uma cirurgia que custa R$ 200 mil e, apesar de ser uma cirurgia de emergência, a família não conseguiu vaga pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Para conseguir arrecadar o dinheiro, a família de Heitor criou uma arrecadação coletiva no site Vakinha Online.

“Venho pedir a colaboração de todos que puderem ajudar, seja financeiramente ou em oração, porque não está sendo fácil ver um recém nascido passar por tudo isso e não poder fazer nada”, escreveu a família no texto de apoio da Vakinha.

Quem quiser colaborar, pode doar diretamente na vaquinha clicando AQUI, ou entrar em contato com os pais do Heitor pelos telefones: (66) 99685-5341 – falar com Dener, ou (66) 9969305406 – falar com Thaís.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro garante que país tem seringas suficientes para iniciar vacinação
Próximo artigoMaior finalizador da história do UFC, Charles do Bronx quer trazer cinturão para o Brasil