Família fica refém de assaltantes durante 12 horas em MT

O pai e o filho foram pegos em um mercado e levados para junto do resto da família na casa

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Quatro pessoas da mesma família foram feitas reféns por 12 horas em um assalto que iniciou em um mercado no Bairro Vila Aurora, em Rondonópolis (214 km de Cuiabá). O pai e o filho foram pegos no mercado, às 18h30 da terça-feira (03) e levados para junto da mãe e da filha na casa da família. Os quatro só foram liberados na manhã dessa quarta-feira (04).

Conforme o boletim de ocorrência, um homem armado abordou o pai no mercado e disse que era um assalto, obrigando-o a entrar no carro dele. Pouco depois outro homem, armado com uma espingarda cano serrado, saiu de um VW Gol “bola” velho e se aproximou, dando apoio ao primeiro.

Os dois suspeitos obrigaram o pai e o filho a entrarem no veículo e foram em direção à casa da família. Chegando lá, a mãe e a filha também foram rendidas e os criminososos começaram a vasculhar a casa a procura de objetos de valor.

Por volta das 22 horas, os suspeitos encheram a caminhonete com os pertences das vítimas, colocaram a família no carro e seguiram em direção à Vila Operária.

Na praça da vila, outro suspeito entrou no veículo e seguiram para outro bairro, que a vítima acredita ser o Dom Oscar Romero.

Pouco depois, os suspeitos perceberam que o Toyota Corolla do pai havia ficado na casa e retornaram, junto à família, para a residência, onde pegaram o carro sedan e também o levaram.

A família foi deixada com três suspeitos e só foi liberada na manhã da quarta-feira (04).

As vítimas conseguiram descrever algumas características dos suspeitos: um era magro, alto, de pele clara e vestia calça e camiseta de manga comprida de cor vermelha. O outro era baixo, magro e usava um boné branco escrito Oakley. E o terceiro era também baixo, magro, não usava boné e estava com uma camisa laranja.

Eles roubaram uma caminhonete S10 branca, um Corolla cinza, duas TVs, um anel de ouro com brilhantes, dois notebooks, três celulares e dezenas de outros objetos, como sapatos e aparelhos eletrônicos.

O caso será investigado pela Delegacia de Roubos e Furtos de Rondonópolis.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCapital de haitianos, Cuiabá começa a receber venezuelanos nesta-sexta-feira
Próximo artigoPolícia Civil apreende 1000 comprimidos de ecstasy em Cuiabá