Falta de profissional qualificado afeta mercado de startups

O alerta foi dado por empreendedores e analistas durante o Startup Summit, primeiro evento nacional do setor

Startup Summit, promovido pelo Sebrae, reuniu empreendedores de inovação em Florianopólis (Foto:Débora Brito/Agência Brasil)

Um dos problemas que preocupa os empreendedores de inovação é a falta de profissionais qualificados. Segundo especialistas, o mercado de tecnologia da informação no Brasil tem hoje cerca de 460 mil vagas de emprego abertas e não preenchidas por carência de pessoal com qualificação adequada.

[featured_paragraph]O alerta foi dado por empreendedores e analistas durante o Startup Summit, primeiro evento nacional do setor, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), nos dias 12 e 13 de julho em Florianópolis.[/featured_paragraph]

De acordo com Felipe Matos, um dos pioneiros em startup no Brasil e autor do livro 10 mil Startups, o defícit de mão de obra pode prejudicar a competitividade do país no setor. Conforme o especialista, o número de estudantes graduados nunca foi tão grande, contudo, apenas 15% são da área de tecnologia, enquanto que a média mundial, também considerada baixa, é de 25%.

A Associação Brasileira de Startups (ABStartups) ressalta que o problema pode aumentar se as universidades e outras instituições de ensino, desde o ensino básico, não alinharem seus propósitos às novas necessidades do mercado para formação de profissionais com visão estratégica, solução inovadora para problemas e não apenas operacionais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSUS tem quase R$ 2 bilhões a receber das operadoras de planos de saúde
Próximo artigoDireitos Humanos devem ser respeitados na Internet, diz ONU

O LIVRE ADS