Falsa dentista é desmascarada após 18 anos exercendo a profissão

Há 11 anos ela trabalhava para a Prefeitura de Rondonópolis, como cirurgiã de uma unidade de saúde

(Foto: Imagem ilustrativa)

Um falsa dentista foi desmascarada nesta terça-feira (12), em Rondonópolis (215 km de Cuiabá), depois de exercer a profissão ilegalmente por 18 anos. Durante todo esse tempo, ela usou documentos falsos e trabalhou como cirurgiã.

Há 11 anos a mulher era servidora contratada do Município. Atuava em uma Unidade de Saúde da Família, cargo do qual acabou exonerada após ser descoberta pelo Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT).

A investigação do CRO teve início em agosto do ano passado, após uma fiscalização de rotina na cidade.

À época, a suposta profissional apresentou uma carteira de identidade do Conselho, mas o número do documento correspondia à outra pessoa. O diploma de graduação dela também era adulterado.

A ação desta terça-feira contou com apoio da Vigilância Sanitária, Polícia Judiciária Civil e Secretaria de Saúde de Rondonópolis.

A falsa dentista foi encaminhada à delegacia. Ela deve responder pelo crime de exercício ilegal da profissão que, de acordo com o Código Penal brasileiro, pode render uma pena de seis meses a dois anos de detenção, além do pagamento de multa.

Presidente do CRO-MT, Sandro Stefanini disse que a mulher também deve ser processada  por estelionato, improbidade administrativa e crime contra a União.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeitura de Cuiabá cancela volta às aulas a partir do dia 18
Próximo artigoQuer aprender uma atividade nova?