Falha em sistema do Ministério da Saúde expõe dados de milhões de brasileiros

Mais de 200 milhões de brasileiros - entre vivos e mortos - tiveram informações pessoais expostas por quase seis meses

(Foto: agência Brasil)

Uma falha no sistema de notificações da covid-19, do Ministério da Saúde, pode ter exposto os dados de mais de 200 milhões de brasileiros. As informações vazadas variam de CPF, nome completo, endereço e até telefone pessoal.

Segundo informou o Estadão, foram 243 milhões de registros expostos. O número é maior que a população brasileira, porém estavam inclusos dados de pessoas já falecidas.

Os registros ficaram desprotegidos por seis meses. Trata-se de cadastros no Sistema Único de Saúde (SUS) ou de beneficiário de plano de saúde.

Um problema parecido já tinha ocorrido em junho deste ano. Na ocasião, o erro foi corrigido pelo Ministério da Saúde, porém não foram revisadas outras possíveis falhas no sistema.

O Ministério ainda não se pronunciou formalmente sobre o acontecido e não informou se o erro pode se repetir.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça afirma que prisão foi ilegal e manda soltar irmão de prefeita de Sinop
Próximo artigoGoverno de MT oferta 7 mil vagas em 75 cursos profissionalizantes gratuitos