“Falem a verdade que não serão processados”, diz Luciano Hang após processar jornalistas

O empresário afirma que parte do jornalismo brasileiro tenta criar narrativas falsas e maldosas a seu respeito

(Foto: reprodução/Twitter)

Empresário e apoiador do presidente Jair Bolsonaro, Luciano Hang entrou com ações judiciais contra diversos jornalistas. De acordo com o dono das lojas Havan, parte da imprensa vem usando o poder de comunicação para difamá-lo.

Pelo Twitter, nesta segunda-feira (4), Hang respondeu uma matéria do Portal Uol que afirma que o empresário processa, em média, um jornalista a cada 26 dias.

Críticas à grande imprensa

Na publicação, Hang afirma ainda que parte do jornalismo brasileiro tenta criar narrativas falsas e maldosas a seu respeito.

O empresário afirmou que não vai aceitar “o errado como verdadeiro”, dando a entender que continuará com os processos.

“Ninguém pode julgar alguém sem estar baseado em fatos. O que parte da grande imprensa tem feito é criar narrativas maldosas para destruir reputações e intimidar aqueles que querem as mudanças no país, sendo voz para todos os brasileiros. Não vamos aceitar o errado como verdadeiro”, escreveu o empresário. 

Veja a publicação original

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFim do voto secreto: projetos se acumulam e deputados resistem à mudança em MT
Próximo artigoCriador de Round 6 quer falar sobre corrupção policial em uma possível 2ª temporada