Exposição itinerante de Arte Sacra marca reabertura do Salão das Águas

Mostra Via Sacra Contemporânea permanece aberta a visitações na Secretaria Municipal de Cultura de Primavera do Leste, até 3 de outubro

A releitura dos caminhos que Jesus Cristo percorreu desde o julgamento por Pôncio Pilatos até sua morte na cruz, pelo olhar de artistas plásticos mato-grossenses, estarão acessíveis para apreciação da população de Primavera do Leste ( a 234 km de Cuiabá).

Isso porque a exposição Via Sacra Contemporânea, promovida pelo Museu de Arte Sacra de Mato Grosso em parceria com a prefeitura, aporta ao município na sexta-feira (17) e permanece até o dia 3 de outubro.

O projeto estreia no município, reunindo 15 telas dos artistas Adir Sodré, Benedito Nunes, Gervane de Paula, Jonas Barros e Regina Penna, que retratam os passos de Jesus pelo olhar da arte mato-grossense.

A produção faz parte de um projeto desenvolvido em 2010 por meio da pintura dos muros de arrimo do complexo arquitetônico do antigo Seminário da Conceição, entre a Igreja do Bom Despacho e o Museu de Arte Sacra, no centro de Cuiabá.

Esse muro foi chamado de Via Sacra Contemporânea e é o suporte expositivo a abrigar as pinturas do projeto que chega a Primavera do Leste, transportando obras feitas ao longo de 106 metros em pinturas acrílicas sobre tela de 100 x 90 cm.

O Salão das Águas da Secretaria de Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, está calizado na Av. Dos Lagos, nº 2602, no Jardim Parque das Águas.

“É muito importante fazer com que esse belo trabalho circule por Mato Grosso e transponha os limites da capital e do próprio Museu de Arte Sacra. É uma iniciativa que materializa o ideal da Secel em levar cultura a todos os cantos do Estado, permitindo que a população dos diversos municípios tenha acesso aos bens culturais”, expressou o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, Alberto Machado.

Reabertura

A exposição marca a reabertura do Salão das Águas, o primeiro espaço dedicado a exposições permanentes no município. Com a pandemia, nenhuma exposição fixa é realizada no local desde março de 2020, sendo reaberta para a população agora.

“É um lugar onde acontece o trânsito das produções de artes visuais do nosso Estado, temos artistas consagrados de Mato Grosso, queremos expandir para artistas novos primaverenses, do Estado, do Brasil e até de outros países. A ideia é que esse espaço valorize o artista visual e construa políticas de fomento às artes visuais do nosso município”, destacou o secretário municipal de Cultura de Primavera do Leste, Wanderson Alex Moreira De Lana.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCriança asmática de dois anos é expulsa de avião por não conseguir usar máscara
Próximo artigoBento XVI diz que legalização de casamento homossexual é “distorção de consciência”