Exposição “Artefatos” celebra obras de nove povos indígenas a partir desta sexta-feira

Entre colares, tangas e grinaldas, adornos de comunidades do Mato Grosso, Maranhão, Pará e Tocantins

Com o intuito de ampliar o conhecimento sobre as culturas indígenas, a Exposição Artefatos terá abertura nessa sexta (05), às 17h30, no Sesc Casa do Artesão. O evento é gratuito e aberto ao público de segunda à sexta-feira, das 08h30 às 17h15, e aos Sábados das 07h45 às 12h15.

A curadoria da exposição trouxe para o público a possibilidade de ter contato com obras singulares, com adornos produzidos por comunidades do Mato Grosso, Maranhão, Pará e Tocantins. São elas: Anunsu (Nambikwara), Boe (Bororo), Ikpeng, Iny (Karajá), Ka’apor, Mehin (Krahô), Menkragnotire (Kayapó), Tenetehara (Tembé) e Waiwai, cada uma com singularidades e manifestações próprias, que aliadas transformam-se em “Artefatos”.

Entre colares, tangas e grinaldas, cada obra conta um pouco da história do seu povo. As artes apresentadas na exposição têm múltiplos olhares, assim como suas matérias-primas que tem origem vegetal e animal.

O Sesc Casa do Artesão não comercializa obras de origem animal, porém respeita tais elementos como manifestação cultural e entende a importância de o público interagir com objetos que participam da construção da identidade sociocultural do Brasil.

Presença dos povos indígenas no Brasil

Em 2010, o Censo revelou que 896 mil pessoas se declaram indígenas no Brasil. Sendo 63,8% residentes de área rural e 57,5% de terras oficialmente reconhecidas. Essa população é formada por mais de 240 povos que falam 215 línguas e possuem características determinadas por organização política, saberes, espaços geográficos, rituais, tradições, crenças, línguas, como também expressões artísticas.

Ou seja, a presença desses povos tradicionais é notada em diferentes campos do nosso cotidiano, seja nos traços da miscigenação, como também na herança cultural dos fazeres artísticos brasileiros, construindo cultura continuamente.

“Artefatos” encerra o projeto Semana Indígena, que acontece entre 01 e 05 de outubro, uma semana voltada para os saberes dos povos originários.

Com oficinas, espetáculos, shows e diversas atividades, a programação proporciona interações culturais de forma dinâmica. Transformando o Sesc Casa do Artesão em espaço de trocas para o público.

No novo endereço da Casa, Av. Tenente Coronel Duarte, 2140 – Centro Sul, a exposição segue até dia 01 de dezembro. Disponível para agendamento escolar.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorChris Evans se despede do papel de Capitão América
Próximo artigoJustiça impede aumento de carga horária de servidores da prefeitura de Sinop