Expectativa versus realidade

Misael Galvão saiu da entrevista coletiva do prefeito frustrado com o que ouviu

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Na manhã de sexta-feira (15), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), frustrou a expectativa, não apenas da imprensa, convocada para uma entrevista coletiva onde, imaginava-se, ele anunciaria uma intervenção na Santa Casa de Misericórdia, mas também do presidente da Câmara de Vereadores, Misael Galvão (PSB).

Misael chegou ao local da entrevista antes do prefeito e falou com os jornalistas como se a decisão pela intervenção já estivesse certa. Os vereadores de Cuiabá apostavam na medida, principalmente, porque o pedido partiu deles.

Emanuel Pinheiro tem agido com cautela porque, mais do simplesmente reabrir as portas da Santa Casa, é preciso pagar as cinco folhas salariais que estão em atraso. Enquanto a unidade permanece fechada, os pacientes têm sido realocados para outros hospitais da Capital.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomens armados vão a comunidade, expulsam famílias e dizem ter ordem para matar
Próximo artigoSem teto, sem quadra, em barracão: o LIVRE listou as “piores” escolas de MT