Excesso de Mauro Mendes

TRE-MT manteve multa de R$ 50 mil ao senador Carlos Fávaro (PSD) por "abusar" da imagem do governador em sua campanha

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) rejeitou um recurso e manteve uma multa de R$ 50 mil ao senador Carlos Fávaro (PSD) aplicada durante a eleição suplementar deste ano.

Fávaro foi multado por propaganda irregular em razão de sua campanha ter exibido, em tempo maior do que o permitido pela legislação, imagens do governador Mauro Mendes (DEM).

A decisão foi dada nesta sexta-feira (11), durante sessão ordinária realizada por videoconferência.

Em outubro, quando acolheu pedido do então candidato Nilson Leitão (PSDB), o juiz eleitoral Ciro José de Andrade de Arapiraca determinou a suspensão das propagandas e aplicou multa de R$ 50 mil em caso de eventual descumprimento. Fávaro, comprovadamente, não cumpriu a ordem judicial.

Apesar da banca de advogados alegar dificuldades técnicas junto às emissoras de rádio e TV para suspensão das propagandas eleitorais, o argumento não foi aceito pelos julgadores, mantendo a obrigação de Fávaro em pagar R$ 50 mil à Justiça Eleitoral.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP denuncia prefeito que usou trator, combustível e até funcionário público em área particular
Próximo artigoProibição à metade do dobro