Ex-treinador de futebol oferece R$ 50 para estuprar adolescente

Para se aproximar, o suspeito pagou um pastel e um refrigerante para a criança

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 43 anos, ex-treinador de futebol da comunidade do Bairro São Mateus, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), foi preso nessa segunda-feira (19) acusado de assediar e tentar estuprar um menino de 12 anos.

Conforme o boletim de ocorrência, o menino estava vendendo bebidas no campo do bairro, quando foi chamado pelo suspeito, que ofereceu pagar um pastel e uma garrafa de refrigerante para ele.

Em seguida, o homem pediu que a criança guardasse um segredo e a levou para sua casa. Já na residência do suspeito, ele se ajoelhou e tentou tocar nas partes íntimas do menino.

O ex-treinador chegou a oferecer R$ 50 para o garoto em troca de ver se ele já tinha pelos nas partes íntimas e de colocar a boca na região genital da vítima.

O homem conseguiu colocar a mão dentro da roupa do menino, que se afastou e ficou tentando encontrar um forma de fugir. Quando conseguiu, ele pediu ajuda à família e disse que estava com medo de o homem ir até a casa dele.

Depois, o menino foi até o pai, que estava em uma igreja, e contou o que havia acontecido. O pai acionou a polícia e relatou que o filho tinha sido vítima de pedofilia.

Os policiais fizeram rondas pelo bairro e encontraram o ex-treinador sentado em frente à casa dele. Ele foi algemado e encaminhado para a delegacia, onde o caso foi registrado como assédio sexual.