Ex-sindicalista, deputado defende greve

Parlamentar acredita que o governo não esteja cedendo aos professores por conta de outras categorias de servidores

(Foto: Karen Malagoli- ALMT)

Ex-sindicalista, o deputado João Batista (Pros) concorda com o movimento grevista dos profissionais da educação do Estado. A greve já dura 24 dias, uma vez que o Governo do Estado alega não ter recursos para pagar aumentos (apenas hoje o governo está terminando de pagar os salários referentes a maio).

Para o deputado, o governo estaria sendo firme com os professores para impedir que outras categorias de servidores peçam aumento.

Segundo João Batista disse em entrevista à Rádio Capital, o governador Mauro Mendes (DEM) precisa apresentar uma proposta da lei da dobra de compra dos servidores.

O parlamentar ainda discordou que a situação do governo de Mato Grosso seja de calamidade financeira.

João Batista é um dos parlamentares “independentes” da Assembleia Legislativa. E na maioria das matérias de interesse do governo ele tem votado favoravelmente.

LEIA TAMBÉM:

Em uma semana, 50 escolas deixam greve e voltam às aulas em MT

Professores que não aderiram à greve vão ter que provar para receber salário

Mesmo com corte de pontos, professores decidem continuar greve

Governo não vai gerar novos gastos dando aumento a professores, diz Mauro Mendes

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTJ cancela audiência com médica que atropelou verdureiro
Próximo artigoComissão da Festa de São Benedito expõe dificuldades e pede apoio da população