Ex-funcionário ateia fogo em posto de combustível de Cuiabá para se vingar de ex-patrão

Caso aconteceu no Bairro Jardim Tropical, em Cuiabá

Um jovem de 22 anos foi preso nessa segunda-feira (10) após atear fogo em um posto de combustível desativado sob a “alegação” de estar se vingando do ex-patrão, com quem disse ter um atrito.

A Polícia Militar foi acionada com a informação de que um homem estaria quebrando a vidraça e ateando fogo no escritório de um posto desativado no Bairro Jardim Tropical, em Cuiabá.

Uma equipe da PM foi até o local e acionou o Corpo de Bombeiros para controlar as chamas. Em seguida, os policiais saíram em busca do suspeito de ter dado início ao fogo.

Os policiais receberam a informação de que o acusado havia fugido em direção ao Bairro Barbado, pela Avenida General Melo, e foram nessa direção.

O suspeito foi encontrado no telhado de uma casa. A ele foi dada ordem de parada e feito um pedido para que se entregasse. O homem, no entanto, continuou andando em cima do telhado.

Confissão

Ao perceber que estava cercado, no entanto, ele acabou se entregando. Já detido, ele confessou que havia ateado fogo no posto de combustível e justificou dizendo que causou o incêndio por vingança, pois havia trabalhado no posto e tido um atrito com o ex-patrão.

O acusado ainda acabou com alguns machucados pelo corpo, pois, antes de ser preso, caiu do telhado de uma casa e danificou o chuveiro do banheiro da residência.

Ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde o caso foi registrado como dano e incêndio.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAlertas de desmatamento em unidades de conservação têm alta de 167%
Próximo artigoCaso Isabele: tiro no rosto de adolescente não foi acidental, afirma laudo