Evento da soja reunirá especialistas do Brasil e do mundo para debater desafios e inovações no campo

Master Meeting Soja será realizado de 12 a 14 de abril em Cuiabá/MT

(Foto: Marcos Vergueiro Secom-MT)

Os desafios, os gargalos e as oportunidades para a sojicultura serão debatidos no evento técnico que ocorrerá na capital mato-grossense. Produção sustentável, geopolítica, tendências macros e microeconômicas, e atualidades no manejo fitossanitário serão alguns dos assuntos a serem tratados por especialistas de renomes internacionais. Além desses, serão apresentados resultados de pesquisas de fatores restritivos de produção na safra 21/22, como por exemplo, a quebra de hastes de soja e as anomalias em vagem, temas que causaram prejuízos significativos na região Médio-Norte do Estado.

Depois de dois anos de evento virtual, o Master Meeting Soja 2022 será realizado de forma presencial em Cuiabá, entre os dias 12 e 14 de abril. Considerado um dos principais eventos da cadeia da soja, trará palestrantes nacionais e internacionais para um grande debate sobre a sojicultura, entre eles Alexandre Mendonça de Barros, da MB Agro; Geraldo Chavarria, da UPF; Claúdia Dias Arieira, da UEM; Prof° Dr. Geraldo Papa, da Unesp; Tatiane Zambiasi, da Agromax; Anderson Luis Cavenaghi, da Univag; Geni Schenkel, da Agroligadas; o Prof° Ulisses Antuniassi, da Unesp; e Carlos Pellicer, COO da UPL.

Prof° Dr. Geraldo Papa, da Unesp. Foto: (Divulgação/Assessoria)

Além dos temas técnicos, que abordarão fisiologia e doenças da oleaginosa, pragas e plantas daninhas, o público acompanhará painéis sobre Economia, Sustentabilidade, Liderança Feminina e Agricultura Digital. Também vão conhecer, em primeira mão, os resultados de pesquisas realizadas na última safra em Mato Grosso, dados que poderão ser usados estrategicamente para o planejamento da próxima temporada.

Direcionado a empresários do agronegócio, produtores rurais, profissionais que exercem funções com poder de decisão na propriedade rural e engenheiros agrônomos, o Master Meeting Soja 2022 estima um público de aproximadamente 350 pessoas. Também é possível participar de forma online. As inscrições podem ser feitas no site https://www.proteplan.com.br/.

“Serão três dias de evento com painéis especiais para tratar dos desafios e das inovações no campo, com palestrantes renomados e com profunda experiência na área. Nosso objetivo é munir os produtores de informações para ajudá-los a planejar seus próximos passos e a safra 22/23”, comenta Ivan Pedro, fitopatologista e sócio proprietário da Proteplan, empresa que promove o evento.

Programação

No primeiro dia do evento, no período da tarde, o Painel de Economia será comandado por Alexandre Mendonça de Barros, da MB Agro, com a palestra “Cenário Econômico do Brasil e Impactos na Cadeia da Soja”. Alexandre é especialista em Economia Agrícola e foi eleito ‘engenheiro agrônomo do ano’ pela AEASP em 2020. Após, terá a palestra “Supply Chain” com o COO da UPL, Carlos Pellicer, um dos mais renomados profissionais em estratégia e inovação no agronegócio.

Na sequência ocorrerá dois painéis de Fisiologia. Um deles, intitulado “Quebramento de haste: causas e estratégias de mitigação do problema”, terá a participação de Geraldo Chavarria, da UPF, consultor em fisiologia e manejo de soja, e do professor Evandro Binotto Fagan, doutor da Unipam e do fisiologista Gabriel Schaich, da Physioatac. O outro painel será “Anomalias em vagens” que contará com a participação de Solange Bonaldo, professora da UFMT, e Luana Belufi, pesquisadora da Fundação Rio Verde. Os painéis serão moderados pela pesquisadora da Proteplan, Alana Tomem.

No segundo dia do evento, o Painel de Sustentabilidade abrirá a programação, com a palestra “Sustentabilidade da cadeia da soja. Desafios e oportunidades”, ministrada pelo professor da USP, FGV, Doutor Agro, Marcos Fava Neves, especialista em planejamento estratégico voltado para o agronegócio.

Ainda pela manhã o Painel Pragas será outro foco do debate. Um dos palestrantes será o professor Geraldo Papa, especialista no manejo integrado de pragas e professor no departamento de Fitossanidade da Unesp. Ele vai proferir a palestra “Manejo de lagartas de difícil controle e percevejos”. Outro especialista em pragas, com mais de 30 anos de carreira, o professor Paulo Degrande, da UFGD, falará sobre cascudinho-da-soja. O pesquisador da área de manejo de resistência de insetos, do Irac, Fábio Santos, abordará sobre manejo de resistência de pragas da soja no Brasil. E o entomologista Clérison Perini, da Proteplan, vai apresentar resultados da safra quanto ao manejo de pragas iniciais e sugadores.

Na sequência, o Painel Nematóides terá como um dos especialistas a nematologista e sócia-proprietária da Agromax, Tatiane Zambiasi, com a palestra “Controle químico e biológico”. Esse painel terá a participação dos especialistas Fernando Godinho da IFG e de Claúdia Dias Arieira, da UEM. À tarde, o Painel Doenças terá o pesquisador da Proteplan, Ivan Pedro, como palestrante. Ele falará sobre “Manchas foliares”. Fabiano Siqueri, também pesquisador da Proteplan irá apresentar resultados de pesquisa sobre manchas e ferrugem da soja. Nesse mesmo painel, Luís Henrique Carregal, abordará pesquisas sobre antracnose, septoriose e cercosporiose na última safra.

A programação do Master Meeting Soja 2022 terá também no segundo dia, à tarde, palestra sobre lideranças femininas no agronegócio com a participação de Camila Telles, digital influencer e produtora, e Geni Schenkel, idealizadora do movimento Agroligadas e produtora rural.

Geni Schenkel, da Agroligadas. Foto: (Divulgação/Assessoria)

No terceiro e último dia de evento, os temas abordados nos painéis serão Plantas Daninhas e Tecnologia de Aplicação e Agricultura Digital. Do primeiro painel, um dos convidados é o pesquisador em plantas daninhas e professor do Univag, Anderson Luis Cavenaghi, responsável pela palestra “Amaranthus: estratégias para o manejo em soja”. O manejo do capim amargoso e capim pé de galinha resistentes a herbicidas será exposto pelo pesquisador Rubem Silveiro, da UEM, com mais de 30 anos de experiência com trabalhos sobre manejo integrado e controle químico. A pesquisadora da Proteplan, Aline Deon, abordará sobre as alternativas para a dessecação pré-colheita da soja.

O segundo painel terá o professor da Unesp, Ulisses Antuniassi, à frente da palestra “Uso de Drones”. Ele é especialista em tecnologia da aplicação de defensivos, adjuvantes e aviação agrícola. Em seguida, haverá a apresentação e debate sobre agricultura digital, com os especialistas Christian Bredemeier, da UFRGS, e Leonardo Luvezuti, da Perfect Fly. Eles irão abordar sobre os desafios da pulverização aérea e a inserção de novas tecnologias no campo.

A programação completa pode ser acessada em https://bit.ly/36NIpId.

O evento

O Master Meeting Soja é promovido pela Proteplan, uma empresa mato-grossense de pesquisa agrícola, assessoria e capacitação que tem a missão de desenvolver soluções integradas na agricultura e difundir conhecimento técnico e experiência para a cadeia produtiva. Os trabalhos da empresa visam contribuir com o desenvolvimento da agricultura de forma sustentável, respeitando as boas práticas agrícolas e visando rentabilidade nas diversas culturas de atuação (soja, milho, algodão e feijão). O evento acontecerá no hotel Gran Odara.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInflação medida pelo IGP-DI sobe 2,37% em março, informa a FGV
Próximo artigoPolícia Civil realiza operação para apurar sequestro e homicídio de jovem em MT