Europa desaconselha reservas de férias para o meio do ano

Pense bem ao remarcar suas viagens

Freepik

Pensando ainda em manter suas férias programadas para julho? Talvez não seja uma boa ideia já que o mundo inteiro sofreu uma intervenção árdua no calendário anual por conta da pandemia de coronavírus.

É algo tão real que o comissário europeu da Justiça e Consumidores, Didier Reynders, avisou que os turistas que tem viagens programadas para os próximos meses tem direito a reembolso.

De acordo com a publicação, o comissário enviou cartas aos Estados-membros da União Europeia (UE) e anunciou estar em contato com as associações empresariais e de consumidores para garantir que sejam tomadas medidas para haver um equilíbrio entre proteção aos consumidores e apoio às empresas de viagem e turismo.

Também é possível trocar a viagem de agora por um voucher que fornecerá uma viagem melhor ou igual a adquirida nas agências de viagem

No Brasil, o Ministério do Turismo, estados e associações do setor lançaram a campanha “Não cancele, remarque!” visando conscientizar os viajantes da importância de não cancelar, mas apenas adiar as viagens e pacotes turísticos durante o período de pandemia, pois isso pode quebrar diversas empresas financeiramente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP quer fim das aglomerações na frente dos bancos
Próximo artigoLive de “chapa e cruz”

O LIVRE ADS