“Eu tenho peito, eu faço”, diz Emanuel ao prometer licitação até o dia 15

A última licitação do transporte público municipal de Cuiabá foi realizada em 2002

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), prometeu lançar até o próximo dia 15 de maio o edital de licitação do transporte público municipal. Inicialmente, a abertura do certame estava prevista para 10 de abril, mas acabou adiada por uma decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) relacionada ao valor da tarifa.

Ao fazer o anúncio, o prefeito lembrou que a última licitação foi realizada há 17 anos. “Até o dia 15 eu lanço o famigerado edital, lembrando que o último foi em 2002, com Roberto França, e agora eu estou fazendo, porque eu tenho peito, eu faço”.

Na oportunidade, Emanuel Pinheiro também comentou a decisão da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), que aprovou o aumento do preço da passagem de ônibus de R$ 3,85 para R$ 4,10.

“Quase houve um perigo aí. O TCE mandou recalcular o valor da tarifa e deu R$ 4,12. Eu estava apavorado com isso, mas voltou para R$ 4,10. Eu concordo que tarifa de R$ 4,10, com o sistema que é oferecido hoje para a população, ainda é cara, mas eu quero pegar os R$ 4,10 e fazer um sistema cada vez melhor”, declarou.

Para justificar o valor, embora tenha ressaltado que a decisão é técnica, o prefeito ressaltou a alta taxa de gratuidade que existe no transporte público de Cuiabá. “Alguém paga por essa gratuidade. Por isso tem que equilibrar o sistema sem sacrificar o bolso do usuário e melhorando a capacidade de investimento da empresa para melhorar o serviço ofertado”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTrump e Putin conversam por telefone sobre situação da Venezuela
Próximo artigoPrédio da Delegacia da Mulher é fechado e atendimentos transferidos