“Eu não tenho pretensão de ser governadora”, diz Selma

Selma Arruda afirmou que não tem pretensões de se alçar a cargos executivos

Guilherme Waltenberg e Lázaro Borges

Ao lançar a candidatura ao Senado por Mato Grosso, a ex-juíza Selma Arruda afirmou que não tem pretensões de se alçar a cargos executivos.

“Eu não tenho pretensão de ser governadora”, disse Selma. “Eu trabalhei a minha vida inteira com lei e é com isso que sei mexer”, prosseguiu, para concluir com uma piada: “Não tenho experiência administrativa, só uma pós em direito administrativo. Serve?”, brincou, arrancando risos dos presentes.

Questionada se aceitaria o posto de vice do atual governador Pedro Taques (PSDB), ela negou e prosseguiu: “não consigo me enxergar como vice. Não avento a hipótese”.

Jair

Questionada sobre o principal nome do partido, polêmico deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), Selma buscou se desvencilhar da imagem do político carioca.

“Não me filiei ao Jair Bolsonaro, mas ao PSL”, disse.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCGE alerta que é proibido ceder servidor para campanha
Próximo artigoFávaro para deputados do PSD: “Democracia não é baderna”