Etanol sobe e gasolina torna-se mais vantajosa em MT

Consumidor precisa ficar "de olho" na bomba e fazer o cálculo para tomar a melhor decisão

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

Os postos de combustíveis de Cuiabá já começam a mexer nos letreiros porque mais um aumento está a caminho. Desta vez, os acréscimos do álcool nas usinas fará o consumidor encontrar o etanol entre R$ 4,24 e R$ 4,35 por litro.

Estamos falando de um acréscimo de 35%, se levarmos em comparação que, no começo do ano, pagava-se R$ 3,22 por litro em Mato Grosso, conforme o painel da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Vale lembrar que a parceria entre o etanol e a gasolina não está apenas nos letreiros, onde dividem o espaço, eles estão entrelaçados em altas e baixas de preços. Atualmente, mais altas que baixas.

Sendo assim, a gasolina que, no começo de abril, tinha preço de revenda médio em MT de R$ 5,35, chega ao final de maio com valores entre 5,67 e 5,79.

O que vale mais a pena, etanol ou gasolina?

A resposta é a gasolina.

O cálculo é feito da seguinte forma: divide-se o preço do litro do etanol pelo da gasolina. Se o resultado for inferior a 0,7, o etanol é o melhor para abastecer. Se for maior que isso, então, a gasolina é mais vantajosa.

Em Cuiabá, se consideramos os maiores valores para os dois combustíveis – R$ 5,79 para gasolina e R$ 4,35 para o álcool -, o resultado dessa conta é 0,75.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSem celular e internet, mais pobres não recebem auxílio do governo, diz FGV
Próximo artigoMãe denuncia amigo da família por estar namorando com sua filha de 13 anos