Estudantes inconvenientes no ônibus? Associação cria projeto para educar esses alunos

Uma intervenção artística em um passeio descontraído tem rendido boas risadas e reflexão aos meninos e meninas

O comportamento de jovens estudantes dentro de veículos do transporte coletivo de Cuiabá se transformou em motivo para um projeto de educação desenvolvido pela Associação Mato-Grossense dos Transportadores Urbanos.

A aposta é na conscientização de alunos do ensino médio, que saem das escolas em direção a um passeio por prédios históricos da Capital. Eles participam do projeto Caminhos da Cultura.

E durante a viagem – em que visitam cartões-postais e centros culturais da cidade – são surpreendidos por um passageiro diferente: o Aparício, interpretado pelo ator Péricles Anarcos.

Simulando situações do dia a dia, em que, digamos assim, Aparício não se comporta bem, ele vai estimulando a reflexão nos jovens sobre o que se deve e o que não se deve fazer dentro do coletivo.

Por exemplo: sem cartão de transporte, Aparício pula a catraca. Mas logo, uma voz o repreende e o relembra que é preciso ter em mãos o cartão de transporte.

É, então, que ele começa a pedir um emprestado. Novamente, acaba repreendido: “usar cartão de gratuidade de outras pessoas é ilegal”.

A intervenção artística tem garantido boas risadas e se tornado uma aliada da educação.

Outros comportamentos que são alvo de alerta são música alta, ficar parado na porta de saída e usar mochila nas costas, atrapalhando o fluxo dos demais passageiros dentro do coletivo.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorElizabeth Banks dirigirá novo filme da Universal, Invisible Woman, diz site
Próximo artigoPalestrantes se unem em Prol do Projeto Nossa Casa, em Cuiabá

O LIVRE ADS