Estudantes da área de saúde vão ajudar no combate ao coronavírus

É obrigatório que os alunos cursem medicina, enfermagem, fisioterapia ou farmácia

(Foto: Renato Araújo/Agência Brasília)

Os estudantes da área de saúde estão sendo chamados para atuar no enfrentamento ao coronavírus no país. O chamamento faz parte da ação ‘O Brasil conta comigo’, do Ministério da Saúde. O edital sobre a medida está publicado no Diário Oficial da União da quarta-feira (1º).

Os estudantes deverão reforçar de forma prioritária a atuação na Atenção Primária à Saúde do SUS

Podem fazer parte alunos matriculados em instituições de ensino superior, públicas e privadas, que integram o sistema federal de ensino.

É obrigatório que os alunos cursem medicina, enfermagem, fisioterapia ou farmácia.

LEIA TAMBÉM

De acordo com o edital, os estudantes chamados terão direito a uma bonificação, que incluem o recebimento de uma bolsa, enquanto durar a medida.

O valor será pago, de acordo com a carga horária do estágio supervisionado – de 40h no valor de um salário mínimo (R$ 1.045) e de 20h no valor de meio salário mínimo (R$ 522,50).

Eles ainda receberão 10% de pontuação no ingresso em programa de residência do Ministério da Saúde, no prazo de dois anos, além de certificado de participação.

Inscrição: passo a passo

O cadastro dos alunos poderá ser feito pela internet, a partir desta quinta-feira (2), com o preenchimento da Ficha do Aluno.

Ao ser chamado, o aluno deverá se apresentar em até 48h no estabelecimento de saúde indicado. Os estudantes também poderão atuar nas áreas de clínica médica, pediatria e saúde coletiva, de acordo com as especificidades de cada curso.

(Com Agência Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorR$ 1 milhão para EPIs
Próximo artigoMinions 2: A Origem de Gru ganha nova data de estreia

O LIVRE ADS